http://streaming26.hstbr.net/player/alyssonoas-8967/itunes.pls Blog do Dyago Fágner

quinta-feira, 23 de março de 2017

Papa Francisco aprova canonização dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu

Os Mártires de Cunhaú e Uruaçu, no Rio Grande do Norte, serão canonizados pela Igreja Católica. O anúncio foi feito nesta quinta-feira(23), no Vaticano, pelo Papa Francisco.
Conheça a história dos mártires:
Dentro da conturbada invasão dos holandeses no nordeste do Brasil, encontram-se os dois martírios coletivos: o de Cunhaú e o de Uruaçu. Estes martírios aconteceram no ano de 1645, sendo que o Pe. André de Soveral e Domingos de Carvalho foram mártires em Cunhaú e o Pe. Ambrósio Francisco Ferro e Mateus Moreira em Uruaçu; dentre outros.
No Engenho de Cunhaú, principal pólo econômico da Capitania do Rio Grande (atual estado do Rio Grande do Norte), existia uma pequena e fervorosa comunidade composta por 70 pessoas sob os cuidados do Pe. André de Soveral. No dia 15 de julho chegou em Cunhaú Jacó Rabe, trazendo consigo seus liderados, os ferozes tapuias, e, além deles, alguns potiguares com o chefe Jerera e soldados holandeses. Jacó Rabe era conhecido por seus saques e desmandos, feitos com a conivência dos holandeses, deixando um rastro de destruição por onde passava.
Dizendo-se em missão oficial pelo Supremo Conselho Holandês do Recife, convoca a população para ouvir as ordens do Conselho após a missa dominical no dia seguinte. Durante a Santa Missa, após a elevação da hóstia e do cálice, a um sinal de Jacó Rabe, foram fechadas todas as portas da igreja e se deu início à terrível carnificina: os fiéis em oração, tomados de surpresa e completamente indefesos, foram covardemente atacados e mortos pelos flamengos com a ajuda dos tapuias e dos potiguares.
A notícia do massacre de Cunhaú espalhou-se por todo o Rio Grande e capitanias vizinhas, mesmo suspeitando dessa conivência do governo holandês, alguns moradores influentes pediram asilo ao comandante da Fortaleza dos Reis Magos. Assim, foram recebidos como hóspedes o vigário Pe. Ambrósio Francisco Ferro, Antônio Vilela, o Moço, Francisco de Bastos, Diogo Pereira e José do Porto. Os outros moradores, a grande maioria, não podendo ficar no Forte, assumiram a sua própria defesa, construindo uma fortificação na pequena cidade de Potengi, a 25 km de Fortaleza.
Enquanto isso, Jacó Rabe prosseguia com seus crimes. Após passar por várias localidades do Rio Grande e da Paraíba, Rabe foi então à Potengi, e encontrou heróica resistência armada dos fortificados. Como sabiam que ele mandara matar os inocentes de Cunhaú, resistiram o mais que puderam, por 16 dias, até que chegaram duas peças de artilharia vindas da Fortaleza dos Reis Magos. Não tinham como enfrentá-las. Depuseram as armas e entregaram-se nas mãos de Deus.
Cinco reféns foram levados à Fortaleza: Estêvão Machado de Miranda, Francisco Mendes Pereira, Vicente de Souza Pereira, João da Silveira e Simão Correia. Desse modo, os moradores do Rio Grande ficaram em dois grupos: 12 na Fortaleza e o restante sob custódia em Potengi.
Dia 2 de outubro chegaram ordens de Recife mandando matar todos os moradores, o que foi feito no dia seguinte, 3 de outubro. Os holandeses decidiram eliminar primeiro os 12 da Fortaleza, por serem pessoas influentes, servindo de exemplo: o vigário, um escabino, um rico proprietário.
Foram embarcados e levados rio acima para o porto de Uruaçu. Lá os esperava o chefe indígena potiguar Antônio Paraopaba e um pelotão armado de duzentos índios seus comandados. Repetiram-se então as piores atrocidades e barbáries, que os próprios cronistas da época sentiam pejo em contá-las, porque atentavam às leis da moral e modéstia.
Um deles, Mateus Moreira, estando ainda vivo, foi-lhe arrancado o coração das costas, mas ele ainda teve forças para proclamar a sua fé na Eucaristia, dizendo: “Louvado seja o Santíssimo Sacramento”.
A 5 de março de 2000, na Praça de São Pedro, no Vaticano, o Papa João Paulo II beatificou os 30 protomártires brasileiros, sendo 2 sacerdotes e 28 leigos beatificados.
Protomártires do Brasil, rogai por nós!
Fonte: http://santo.cancaonova.com/santo/protomartires-do-brasil/ e Arquidiocese de Natal

FOTO: Pedra Grande/RN : único Ginásio Poliesportivo da cidade vira um descaso publico, o lixo toma conta internamente completamente deteriorado.



   Local esse que é usado pelas crianças, adolescentes e adultos para a prática do esporte, infelizmente está esquecido pela atual gestão do municipio da cidade de Pedra Grande.

Correios agoniza

Resultado de imagem para correios
A estatal Correios, que já foi símbolo de eficiência, agoniza com o acúmulo de prejuízos que, somente nos últimos quatro anos, somam mais de R$ 5,5 bilhões. Chegou ao fundo do poço no governo Dilma, fechando 2015 com prejuízo de R$2,1 bilhões – o pior resultado desde sua criação, há 354 anos. Para ganhar um “respiro”, suspendeu por um ano regalias aos 117.000 funcionários, quando eles entram em férias.
Quando um trabalhador entra em férias, recebe gratificação de um terço do salário. Os Correios dobram a gratificação: 70% do salário.
Além dos 70% de presente, funcionário dos Correios em férias ganha mais um salário a título de “empréstimo”, a ser pago em cinco vezes.
No ano da reeleição de Dilma, a estatal inventou lucro de R$9 milhões ao considerar “receita” R$ 1,1 bilhão não pagos ao fundo Postalis.
Os Correios esperam economizar R$1 bilhão ao ano com as 5,5 mil adesões ao PDV. Cerca de 10% da folha anual de R$10,9 bilhões.
DIÁRIO DO PODER

Rodrigo Janot e Gilmar Mendes brigam! Tire as crianças da sala

Resultado de imagem para rodrigo janot e gilmar mendes
Antes de qualquer coisa, um aviso: esse comentário contém linguagem rasteira. Convém tirar as crianças da sala. Duas das mais altas autoridades de Brasília —o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, e o procurador-geral da República Rodrigo Janot— decidiram se engalfinhar em público. Gilmar usou uma notícia de jornal para acusar procuradores de vazar deliberadamente para a imprensa nomes de encrencados na lista da Odebrecht. O vazamento, disse ele, é crime previsto no Código Penal. Janot negou a notícia. E atribuiu as declarações de Gilmar à “decrepitude moral” do ministro, que sofre, segundo ele, de “disenteria verbal.”
Se essa troca de ataques evidencia alguma coisa é que Janot e Gilmar consideram-se um ao outro sujeitos desprezíveis. Um, responsável por processar a bandidagem engravatada, não conseguiria enxergar o crime de “violação de segredo funcional” praticado ao seu redor. Outro, responsável por julgar os delinquentes do poder, “corteja desavergonhadamente” os acusados, disse Janot, mantendo com eles uma “relação promíscua”.
Nesse ritmo, Janot e Gilmar vão acabar se despachando mutuamente para lugares desagradáveis. Um pode enviar o contendor ao excremento. Outro talvez mande o rival à presença da pessoa que, tendo lhe dado à luz e exercendo a profissão de prostituta, não sabe dizer ao certo quem é seu pai. Atônita, a plateia se pergunta: não seria melhor se autoridades como Janot e Gilmar se unissem para honrar o salário que recebem do contribuinte, punindo os corruptos? O ruim de duas autoridades se ofenderem em público é o pessoal que passa achar que ambas têm razão.
JOSIAS DE SOUZA

FOTO: Polícia enquadra torcida organizada do ABC após confronto antes de partida contra o CSA

Ação da polícia depois da partida entre ABC e CSA. Na foto, a torcida organizada do time de Natal.
Foto: Marcos Lopes


Blog do BG

ABC vence o CSA no Frasqueirão pela Copa do Nordeste

O ABC venceu o CSA/AL por 2 a 1 na noite desta quarta, 22, no estádio Frasqueirão. Os gols do alvinegro foram marcados por Túlio Renan e Marques e o time de Alagoas marcou com Jacó.


Governo vê deficiência de R$ 58 bi no Orçamento

Os ministérios da Fazenda e do Planejamento anunciaram nesta quarta-feira a existência de um rombo de 58,168 bilhões de reais no Orçamento. Esse é o montante que falta para o cumprimento da meta de déficit fiscal, de até 139 bilhões de reais.
O valor efetivo do corte no Orçamento, entretanto, será divulgado na terça-feira. A expectativa era que o governo anunciasse hoje o valor do corte no Orçamento.
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o governo espera decisões judiciais que podem chegar a 18 bilhões de reais em favor da União para definir o tamanho do corte.
Segundo ele, medidas sobre aumento de tributos – que também podem reduzir o tamanho do corte – serão igualmente anunciadas na próxima semana.
Segundo Meirelles, o corte final será bem menor que a deficiência financeira apontada hoje. “O contingenciamento final será substancialmente menor que 58,2 bilhões de reais”, prometeu.
O ministro afirmou que o governo estuda medidas compensatórias para cobrir a deficiência. “Vamos aguardar mais alguns dias para termos segurança maior para decidirmos sobre o contingenciamento e sobre aumento de tributos, se necessário, para compensar essa diferença”, completou.
Segundo Meirelles, questões importantes para a definição do tamanho real do corte ainda estão em andamento, como a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre uma usina hidrelétrica que poderá ser privatizada, adicionando um valor estimado em 3,5 bilhões de reais para a União. Outras duas usinas cuja decisão ainda está nas mãos do Superior Tribunal de Justiça (STJ) podem gerar uma receita adicional de 6,5 bilhões de reais.
“Existem estimativas que mostram que as receitas só com essas três chegam perto de 10 bilhões de reais. E também no STJ, há decisões sobre precatórios que podem acarretar valores adicionais de 6 bilhões de reais a 8 bilhões de reais “, acrescentou Meirelles. “Então essas questões judiciais somadas podem representar 14 bilhões de reais, 16 bilhões de reais ou 18 bilhões de reais. Mas como ainda não há decisão, não pudemos incluir no relatório”, resumiu.
(Com Agência Brasil)

segunda-feira, 20 de março de 2017

Inscrições para concurso do Corpo de Bombeiros do RN seguem até 6 de abril; mais de 13 mil já inscritos


As inscrições do concurso público para o cargo de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte seguem abertas até o dia 6 de abril. Até a última sexta-feira (17), 13.334 pessoas já haviam efetuado a inscrição para concorrer a uma das 70 vagas oferecidas, em ampla concorrência, tanto para homens quanto para mulheres. A remuneração inicial é de R$ 2.904,00.
As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio da internet, no site do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan): www.idecan.org.br. O interessado tem até às 17h do dia 6 de abril de 2017 para se inscrever. A taxa é de R$ 80,00.
O concurso será realizado em seis etapas. A primeira constará de prova objetiva de múltipla escolha, a ser aplicada na data provável de 21 de maio de 2017, simultaneamente nas cidades do Natal, Mossoró e Caicó.
As fases seguintes consistirão de Avaliação Médica e Odontológica, Exame de Avaliação de Condicionamento Físico, Avaliação Psicológica e Investigação Social e da Vida Pregressa do candidato. A última etapa consistirá no Curso de Formação de Praças Bombeiro Militar, com duração média de 12 meses.
Ainda que o salário inicial seja de R$ 2.904,00, a remuneração pode chegar, nos termos da legislação pertinente às promoções referentes ao quadro de praças, ao valor de R$ 9.472,65, subsídio correspondente ao cargo de Subtenente Nível X.
O concurso público terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.


Blog do BG

ABC goleia América-RN por 4 a 1 no Frasqueirão; Mecão fica na lanternaCleiton encheu o pé e marcou um golaço de falta para o ABC sobre o América-RN (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)Cleiton encheu o pé e marcou um golaço de falta para o ABC sobre o América-RN (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)Cleiton encheu o pé e marcou um golaço de falta para o ABC sobre o América-RN (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)

Mais Querido ganha Clássico Rei com facilidade e aumenta a crise do Alvirrubro. Mecão ainda não ganhou no segundo turno do Campeonato Potiguar

O ABC venceu o América-RN por 4 a 1 no Estádio Frasqueirão, na noite deste domingo, e afundou o rival, ainda mais, em crise que parece não ter fim. Os gols do Mais Querido foram marcados por Cleiton, Gegê, em duas oportunidades, e Richardson (contra). O zagueiro Paulão descontou para o Mecão. 

Com o resultado, o ABC conquistou seus primeiros três pontos, no seu primeiro jogo no returno. As duas rodadas inicias foram adiadas por causa do confronto da Copa do Brasil. O América-RN continua com apenas um ponto na tabela de classificação e amarga na lanterna do returno do Campeonato Potiguar. A derrota tirou as chances d classificação do Alvirrubro à final do segundo turno.
ABC x América-RN, no Estádio Frasqueirão - Campeonato Potiguar (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)ABC manteve invencibilidade de mais de um ano no Frasqueirão (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)
Quem começou o jogo com a bola foi o América-RN. Enquanto esteve com ela no pé, os jogadores tentaram agredir o ABC pelos lados, com Jean Patrick e Dija Baiano. Mas durou pouco. Quando o Alvinegro conseguiu ficar com a bola, respondeu o Mecão na mesma altura. Aos seis minutos, Erivélton cruzou do lado direito para Dalberto cabecear na área, mas o atacante não conseguiu acertar o gol. Foi a primeira chance perigosa do jogo e já mostrava que o lado direito seria a grande arma do Mais Querido.
Aos nove minutos, Richardson se atrapalhou na área defensiva e a bola sobrou para Gegê. O meia viu Erivélton livre pela direita e tocou para o jogador, que invadiu a área e chutou na rede pelo lado de fora. O América-RN dava os primeiros sinais de susto e não conseguia mais impor o ritmo dos cinco minutos iniciais. O ABC continuou abusando pelo lado direito com Erivélton e Levy. O único marcador alvirrubro por esse lado era o lateral Michel Benhami. O atacante Dija Baiano não ajudava na marcação.
ABC x América-RN, no Estádio Frasqueirão - Campeonato Potiguar (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)
Cleiton encheu o pé e marcou um golaço de falta para o ABC sobre o América-RN (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)

Nando recebeu a bola perto da grande área e sofreu a falta de Memo aos 17 minutos. O zagueiro Cleiton foi para a cobrança e mandou uma bomba indefensável para o goleiro Fred. O Alvinegro abriu o placar e passou a dominar a partida com um América-RN perdido em campo. A partir daí, o jogo esfriou. O ABC tinha a posse da bola, mas não chegava com perigo. Até que, aos 41 minutos, Gegê recebeu uma bola livre no meio, conduziu até a entrada da área e acertou um lindo chute para ampliar o placar.

O ABC retornou agressivo para o segundo tempo. Logo aos cinco minutos, Gegê chutou na entrada da área e a bola explodiu na trave do goleiro Fred. Três minutos depois, o meia recebeu mais uma bola pelo lado esquerdo e cruzou para Nando na área. O zagueiro Richardson, na tentativa de colocar a bola para fora, foi infeliz e acabou desviando para dentro do gol. 

O cenário era muito favorável para o Alvinegro, mas, dois minutos depois, Everton cobrou falta com a bola cruzada para a área e o zagueiro Paulão diminuiu o placar para pôr fogo na partida. O Alvirrubro cresceu em campo e o Mais Querido recuou. De um lado, o América-RN agrediu, mas sem organização. Do outro, o ABC se defendeu com uma postura tática muito segura. Porém, ainda deu tempo do meia Gegê, nos acréscimos, aproveitar a bola sobrada e encerrar o placar. O jogo ainda contou com a estreia do atacante Adriano Pardal no ABC, recuperado de uma cirurgia no joelho direito.
ABC x América-RN, no Estádio Frasqueirão - Campeonato Potiguar (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)
Gegê foi o destaque do ABC com os dois gols no clássico contra o América-RN (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)

Campeã, Seleção Brasileira Sub-17 encanta e é comparada com times de 1970 e 1982

O baiano Carlos Amadeu comemorou o time sub-17 (Foto: Raphael Zarko)
Extraordinário, espetacular, magnífico. Além de títulos, a geração que venceu o Chile por 5 a 0 e ganhou o Sul-Americano invicto coleciona elogios de todas as partes. Os dois últimos treinadores que enfrentaram a seleção de Vinicius Junior, Alan, Lincoln, Paulinho e companhia admitiram que o Brasil sobrou no campeonato continental.
Também pudera. Foram nove partidas – sete vitórias, dois empates, com 24 gols marcados (média de 2,7 por jogo) e apenas três sofridos. A superioridade técnica, tática e física do Brasil poucas vezes foi tão exposta num torneio de base.
– São espetaculares. A melhor seleção que vi em muito tempo. Realmente me lembra time de 1970, de 1982. É uma geração maravilhosa, de grandes jogadores, muito talentosos. Carlos Amadeu comanda um time que me parece que vai renovar a seleção brasileira no futuro – apostou Carlos Restrepo, técnico da seleção colombiana sub-17, que ficou em quarto lugar e também se classificou para o Mundial da Índia, em outubro.
Vice-campeão, o argentino naturalizado chileno Hernán Caputto valorizou também os treinadores que comandaram os jogadores no Sul-Americano sub-15, em 2015, e no sub-17, disputado no Chile. Ele lembrou que passou experiência em Teresópolis com os dois técnicos e disse que aprendeu conceitos e novas maneiras para a profissão.
– Brasil tem uma geração extraordinária. Tiveram dois treinadores magnifícos, que são o Carlos Amadeu e o Guilherme Dalla Dea. Não me resta a menor dúvida de que boa parte deste grupo vai chegar ao sub-20. Tem Vinicius, Lincoln, os laterais… A verdade é que é uma equipe muito completa. Tiveram a sorte também de manter o time em toda a competição, o que é muito bom para um time. Estamos competindo num Sul-Americano, mas isso não tira a realidade: o Brasil é uma potência mundial – afirmou Caputto.
Orgulhoso, Amadeu lembrou dos tempos de torcedor, quando era apaixonado pela seleção brasileira, e acompanhava todas as Copas do Mundo. Na análise do técnico, os anos sem conquista do Mundial até 1994 transformaram e confundiram o futebol brasileiro.
– A gente sempre jogou muito bem, foi competitivo e tinha a plástica do jogo. Existe a tendência do campeão mundial criar escola. E nesse momento creio que perdemos um pouco essa compromisso com o espetáculo. A gente ouvia entrevistas: “quer espetáculo vai assistir em outro local, não aqui”. Mas o futebol é um espetáculo. Então tem que se preocupar em jogar futebol e tentar dar espetáculo para atrair o público. Esse é meu pensamento, é o pensamento que nós temos hoje. Por isso ficamos muito felizes de ouvir isso dos treinadores da Colômbia, do Chile. Não só eles. O pessoal da Conmebol nos reuniu durante o Sul-Americano e eles disseram que ficaram encantados com a nossa seleção. Eles amam o futebol brasileiro na sua essência – comentou Amadeu.
Globo Esporte

Audiência Pública vai discutir transporte alternativo intermunicipal no RN

Foto: ALRN
A melhoria dos serviços e legalização do transporte alternativo intermunicipal no Rio Grande do Norte serão discutidos em audiência pública na Assembleia Legislativa. Por iniciativa do deputado Nelter Queiroz (PMDB), parlamentares, sociedade civil organizada, Poder Público e profissionais que atuam na área vão debater o tema nesta quarta-feira (22), às 14h, no auditório da Casa.
“Temos que legalizar a situação desta classe e seus direitos, e, assim, evitar que estes fiquem clandestinos. Vamos à luta para alcançar este objetivo”, disse o deputado Nelter Queiroz.
No entendimento do parlamentar, a atuação de pessoas que fazem o transporte alternativo sem a situação legalizada deve ser analisada e debatida de forma humanizada, garantindo uma forma de fazer com que essas pessoas consigam continuar trabalhando e ofereçam um serviço de qualidade à população potiguar.
“Essa causa dos transportes alternativos no interior do Estado do Rio Grande do Norte, assim como na grande Natal, é importantíssima, porque são todos pais ou mães de família, lutadores em prol de emprego, já que o desemprego está enorme”, disse o deputado.
A audiência pública é aberta à população com transmissão ao vivo pela TV Assembleia e Rádio Assembleia.
ALRN

Transferência de 800 internos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz



O início da manhã desta segunda-feira(20) foi de transferência de 800 internos dos pavilhões 1, 2 e 3 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, para o Pavilhão 5 da unidade prisional, local conhecido o Presídio Rogério Coutinho Madruga. Com a transferência, a área reformada passa a contar com mais de 1200 internos. A operação teve apoio de agentes penitenciários federais.

Nos pavilhões 1, 2 e 3 ficam presos da facção ‘Sindicato do Crime do RN’, enquanto nos pavilhões 5 e 4, que formam o Rogério Coutinho Madruga, ficam os detentos ligados ao PCC. No pavilhão 4 onde ocorreu a maioria das mortes no massacre de janeiro, o local foi esvaziado logo após a retomada feita pelos agentes.

Com a transferência, o Pavilhão 5 passa a separar por celas os presos com nome e unidade.

Focoelho.com

sábado, 18 de março de 2017

Força Nacional envia Helicóptero para reforçar patrulhamento em Natal



A Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) enviou para Natal, no último dia (14), um helicóptero para apoiar as operações realizadas na capital potiguar e que fazem parte do Plano Nacional de Segurança Pública.
A será utilizada de acordo com a necessidade das forças de segurança estaduais, que estão atuando em parceria com os 120 integrantes da FNSP que estão na cidade desde o dia 15 de fevereiro – parte do efetivo chegou nos últimos dias. Para as ações com o helicóptero, o Ministério da Justiça enviou uma equipe do Grupamento Aéreo da Força Nacional.
A FNSP tem atuado na ostensividade nas ruas e operações com barreiras itinerantes, apoiando também a Polícia Militar local. As ações ainda contemplam patrulhamento nas áreas bancárias e no combate a redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs).
O apoio às investigações de CVLIs, inclusive, também já começou, com o levantamento de dados e planejamento estratégico para investigação de homicídios, realizado em apoio à polícia civil potiguar. Essas equipes da Força Nacional – são 23 da polícia judiciária e 6 peritos – já estão, respectivamente, estudando inquéritos e confeccionando laudos.

RN fecha fevereiro com 1.282 desempregados a mais, diz Caged

G1 – No Rio Grande do Norte, fevereiro terminou com 1.282 desempregados a mais em relação ao mês anterior. A estatística é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Só em Mossoró, maior cidade do Oeste potiguar, o saldo foi de 1.064 pessoas demitidas.
A agropecuária é o setor que mais perde empregos desde o início do ano, com 2.158 postos de trabalho a menos. Apesar disso, o setor contratou mais do que demitiu ao longo dos últimos 12 meses, segundo os dados do Caged, e teve saldo positivo de 957 vagas.
Em fevereiro, o setor de serviços teve o melhor resultado: saldo de 531 contratações, a maioria – 423 – de profissionais do ensino. Só este ano, o setor contratou 1.368 pessoas a mais do que demitiu, mas 2.175 postos de trabalho foram perdidos desde fevereiro do ano passado.
Além do setor de serviços, tiveram bons resultados – ainda que tímidos – os setores de serviços industriais de utilidade pública, com 28 vagas a mais, e de construção civil, com 82 a mais. Demitiram mais do que contrataram: extração mineral, indústria de transformação e comércio. A administração pública ficou praticamente estável, com 3 empregos a menos.
Últimos 12 meses – De acordo com a pesquisa, o RN tem hoje 12.434 desempregados a mais do que em fevereiro do ano passado. Os maiores cortes aconteceram na construção civil (-5.630 empregos), no comércio (-3.031), nos serviços (-2.175) e na indústria da transformação (-1.876). O único resultado positivo foi da agropecuária (957).
Natal teve a maior queda absoluta no número de empregados, 8.197 a menos, seguida de Mossoró, onde 3343 postos de trabalho foram cortados, segundo os dados Caged. Já Apodi (350), Nova Cruz (317), João Câmara (57), Touros (55) e Canguaretama (45) tiveram saldo positivo.

Números de usinas eólicas se aproximam de 500 instalações no país.

IMG_7882

O número de usinas de geração de energia eólica no Brasil se aproxima de 500 instalações, passando de 86 parques em janeiro de 2013 para 459* em janeiro desse ano. 

O expressivo crescimento das usinas eólicas colocou o Brasil entre os dez países com maior capacidade instalada de geração eólica no mundo, atingindo 10.444 MW em janeiro de 2017. 

Os dados sobre usinas e capacidade de geração são do Boletim Mensal de Monitoramento do Sistema Elétrico Brasileiro, elaborado pelo Ministério de Minas e Energia (Jan-2017).

A energia eólica também se destaca na matriz de capacidade elétrica brasileira, e vem sendo muito expandida nos últimos anos. 

Na comparação com janeiro de 2016, a capacidade instalada eólica cresceu 31%, ficando na frente de outras fontes como hidráulica (6,5%) e térmica (4,1%).